As várias formas de violência contra as mulheres serão debatidas na Câmara de Caruaru - Blog do Edvaldo Magalhães

6 de março de 2017

As várias formas de violência contra as mulheres serão debatidas na Câmara de Caruaru


Nesta terça-feira (7), a partir das 9h acontece Audiência Pública na Câmara Municipal de Caruaru com o tema “Enfrentamento às Violências contra as Mulheres”. A atividade será protagonizada por mulheres organizadas em diferentes campos de debate. São elas: Elba Ravane, Violência Política; Conceição Batista,  Violência Obstétrica; Maria Gomes, Violência no Campo; e Karinny Oliveira, Violência Doméstica.

A ideia da Audiência, aberta à sociedade, é dar visibilidade ao debate de gênero durante a especial Semana do 8 de março, dia internacional da mulher. Mesmo com a Lei Maria da Penha e diversos mecanismos estatais, a violência doméstica ainda vitima uma mulher brasileira a cada 3 segundos. A Audiência quer promover a reflexão e escutar demandas e propostas das mulheres para enfrentar essa violência, mais conhecida, mas também ampliar a discussão sobre outras violências que assolam as mulheres, embora com menos repercussão pública, como aquelas que acontecem no parto, no campo e na arena política.

“Precisamos dialogar mais diretamente com a sociedade sobre os diversos tipos de violência contra a mulher. Além da agressão física, existe uma série de padrões machistas que são criminosos e precisam ser debatidos, denunciados, combatidos. Cabe sim à Câmara Municipal legislar e abrir espaço para que as próprias mulheres e seus movimentos protagonizem essa luta”, disse o Vereador Daniel Finizola.

Durante a audiência pública serão recolhidas assinaturas para o Projeto de Lei de Iniciativa Popular “Nascer Bem Caruaru”, que dispõe a humanização da assistência à mulher e ao neonato durante o ciclo gravídico-puerperal na rede de saúde do município de Caruaru, cujo objetivo é combater as práticas de violência obstétrica na cidade.