"Ressaca do Carnaval" será realizada no bairro São João da Escócia em Caruaru - Blog do Edvaldo Magalhães

7 de março de 2017

"Ressaca do Carnaval" será realizada no bairro São João da Escócia em Caruaru



Foto ilustrativa


O bairro São João da Escócia sedia, no próximo domingo (12), a primeira edição da “Ressaca do Carnaval”. O evento, que é gratuito e aberto ao público, acontece ao lado da Academia das Cidades, e tem como atrações as bandas Marreta é Massa e Afinasamba.

Idealizador da festa, o vereador Ítalo Henrique explica que a ideia é marcar o fim do período de festas carnavalescas, com um evento aberto à comunidade. “Havíamos projetado uma festa como esta desde o fim do período eleitoral. Como não houve oportunidade de realizá-la antes, decidimos confirmar para o dia 12 de março. É um momento para reunir amigos, eleitores e pessoas de toda a comunidade”, afirma.

Para realização da festa, todos os detalhes estão sendo confirmados. A Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transportes (Destra) foi acionada para o bloqueio da rua onde o trio elétrico permanecerá parado, bem como organizar o tráfego de veículos no entorno. O Corpo de Bombeiros também foi acionado, para que possa fazer as devidas inspeções no local e, claro, garantir a segurança do público e dos profissionais que estarão trabalhando.

A Polícia Militar (PM) confirmou a presença de homens no local, para garantir a segurança de quem estiver aproveitando a festa. Uma equipe de seguranças particulares dará apoio ao trabalho da PM. “Tomamos as devidas iniciativas para garantir que a festa ocorra tranquilamente”, complementa Ítalo, entusiasmado com a iniciativa.

Para a estrutura, também estão previstas baterias de banheiros químicos, que estarão disponíveis para o público em pontos estratégicos; e diferentes espaços para a comercialização de comidas e bebidas. Neste último caso, moradores da comunidade e do entorno estão sendo mobilizados para vender seus produtos durante a realização da festa.

A festa é uma iniciativa particular de Ítalo Henrique. A estimativa é que 50% dos custos sejam arcados pela iniciativa privada, no formato de incentivo à festa.