Dois corpos achados em prédio que desabou em Garanhuns - Blog do Edvaldo Magalhães

10 de julho de 2017

Dois corpos achados em prédio que desabou em Garanhuns

Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Os corpos de duas vítimas fatais do prédio que desabou em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, na manhã desta segunda-feira (10), foram encontrados. Antônio Arcoverde, de 27 anos, e Edval Soares Silva foram retirados mortos debaixo de uma laje, que teve de ser quebrada pelos bombeiros para possibilitar o resgate.

Edval estava no térreo do prédio durante o desmoronamento. Ele tinha saído de casa, mas voltou para pegar um documento. Já Antonio era marido da mulher e pai da bebê recém-nascida que foram resgatadas com vida do prédio ainda pela manhã. Genicélia Cardozo e a criança foram levadas para o Hospital Dom Moura, também em Garanhuns, e passam bem. As duas devem receber alta em breve. Antonio e Genicélia eram casados desde 2012 e viviam no segundo andar do edifício. A filha do casal havia nascido há 20 dias.

Uma equipe formada por Bombeiros, Samu e Defesa Civil trabalharam no resgate das duas vítimas. 

O acidente ocorreu por volta das 6h desta segunda em um dos três prédios que formam um conjunto residencial, localizado na rua Capitão João Paes, no bairro Aluísio Pinto. Cada edifício tem três pisos, com dois apartamentos cada um. Seis famílias moravam no local. Antes de cair, testemunhas disseram que a estrutura chegou a balançar.

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE) está apurando os dados técnicos do prédio que desabou. Sabe-se que a construção começou em 2008 e que, no mesmo ano, aconteceu um sinistro por causa de um desabamento.


Na ocasião, a obra chegou a ser autuada por estar sendo conduzida sem um responsável técnico. Ainda não se sabe se a construção foi concluída com o acompanhamento de um engenheiro, como determina a legislação. A Prefeitura de Garanhuns informou que os dois outros prédios do residencial estão interditado para vistorias.

Fonte: Folha de Pernambuco.