Vereadores de Caruaru voltam as reuniões ordinárias após recesso - Blog do Edvaldo Magalhães

31 de julho de 2017

Vereadores de Caruaru voltam as reuniões ordinárias após recesso

Foto: Vladimir Barreto

Nesta terça-feira (01) a Câmara Municipal de Caruaru retoma suas atividades legislativas, após recesso iniciado no dia 20 de junho. A volta dos trabalhos parlamentares será marcado pela primeira reunião ordinária do segundo semestre de 2017, que acontece ne sede do Poder Legislativo às 16h. 

O Presidente da Casa, vereador Lula Tôrres (PDT) destaca que a expectativa para o retorno das atividades é positiva: “Tivemos um primeiro semestre bastante produtivo para a Câmara. Nestes primeiros seis meses, a Casa do Povo passou por algumas mudanças, que somaram para melhoria em diversas áreas. Nossa expectativa é a melhor. Queremos continuar debatendo temas relevantes para a população nas audiências públicas, e, votando em projetos que visam o melhor para todos os caruaruenses”.
Marcelo Gomes (PSB), vice-presidente da Câmara, afirma que continuará atuando com coerência no trabalho parlamentar. “Reafirmo meu compromisso de representar os anseios da população de Caruaru, apresentando projetos e requerimentos de interesse dos moradores da nossa cidade e que possam contribuir, de alguma forma, para a melhoria da qualidade de vida. Além disso, manterei minha coerência no trabalho de fiscalização do Poder Executivo e nas pautas de interesse da nossa cidade”.
NOVIDADES

Os próximos trabalhos legislativos irão contar com uma grande novidade já em curso na Câmara: a instalação e funcionamento do Sistema de Apoio ao Processo legislativo (SAPL), que dá mais transparência, garante economia e gera agilidade nos processos diários que compõem a Câmara Municipal. Durante as reuniões, os cidadãos poderão acompanhar as votações de forma online em tempo real.
O sistema já está em funcionamento e pode ser acessado através do endereço:http://sapl.caruaru.pe.leg.br/

NÚMEROS

De janeiro a julho, a Câmara Municipal apresentou, em 37 sessões ordinárias, 1811 requerimentos, 113 indicações e 260 projetos de lei. 13 audiências públicas marcaram a discussão de temas como meio-ambiente, saúde, Feira da Sulanca e cultura.

Além disso, o Poder Legislativo de Caruaru abriu as suas portas para o diálogo com diversas entidades e categorias, como mototáxis, professores, enfermeiros, comunidade LGBT e taxistas.