Adolescentes da FUNASE Caruaru participam de Curso de pedreiro - Blog do Edvaldo Magalhães

10 de agosto de 2017

Adolescentes da FUNASE Caruaru participam de Curso de pedreiro


Parceria de sucesso e resultados. É assim que o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Caruaru denomina a mais nova parceria firmada com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e o Poder Judiciário. Tal junção resultou na inserção educacional de quatro adolescentes da unidade no curso de pedreiro que teve início no dia 01 de agosto. O curso terá duração de três meses com aulas ministradas no próprio Senai, de segunda a sexta feira.

Os adolescentes receberão capacitação teórica e práticas para executar processos construtivos relativos às vedações verticais e horizontais, alvenaria estrutural, concretagem de aplicação e revestimento de pisos, paredes e tetos, com segurança, qualidade e economia, seguindo as especificações, normas e prazos estabelecidos em projeto.Segundo a Coordenadora Técnica do Case Caruaru, Thaysa Vila Nova, esse curso só vem somar e trazer a garantia de direitos aos adolescentes. “É uma nova perspectiva de vida que conseguimos ofertar aos nossos adolescentes, pois, além de se qualificarem, não ficarão ociosos e ainda receberão um certificado de uma instituição renomada”, completou.

Para o diretor do Senai Caruaru, Edson Simões, esta parceria é muito importante, pois vem ampliar os horizontes dos adolescentes ofertando novas oportunidades e a inserção no meio social. “É muito positiva nossa parceria. Conseguimos oferecer aos adolescentes uma oportunidade de aprendizado e a abertura de novos horizontes em suas vidas, e, quando retornarem à sociedade, terão uma profissão e igualdade de oportunidades”, destacou.


Outros dois adolescentes da Casa de Semiliberdade (Casem) Caruaru, também participam do curso de pedreiro e outras oportunidades como essa estão por vir. A direção do Senai juntamente com os gestores das unidades da Funase de Caruaru, Garanhuns e Timbaúba estão organizando espaços e detectando as condições para a abertura de seis novas turmas de cursos que se adequem a realidade de cada unidade, beneficiando 120 adolescentes. As aulas estão previstas para iniciar na segunda quinzena de setembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário