Laura Gomes faz parte da coordenação da Frente Parlamentar em defesa da Chesf - Blog do Edvaldo Magalhães

30 de agosto de 2017

Laura Gomes faz parte da coordenação da Frente Parlamentar em defesa da Chesf


Na condição de líder da bancada do PSB na Assembleia, a caruaruense Laura Gomes, fará parte da coordenação da Frente Parlamentar em Defesa da Companhia Hidroelétrica do São Francisco – CHESF, aprovada na sessão da ALEPE, na tarde de ontem (29/8), por 30 votos, por meio de requerimento do deputado Lucas Ramos, do PSB. Ele será o coordenador-geral do colegiado interpartidário, cuja função é trabalhar contra a privatização da empresa considerada um símbolo do desenvolvimento do Nordeste.
    
Antes de integrar a Frente, Laura Gomes viu aprovada sua proposta de uma Audiência Pública, no dia 3 de setembro, para discutir, com a participação da sociedade civil e trabalhadores, a inclusão da CHESF no pacote de privatizações anunciado pelo Ministro das Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho. Além da produção de energia, os deputados pernambucanos não querem abrir espaço a empresas privadas como gerenciadoras das águas do Rio São Francisco, outro ícone da ocupação histórica da região nordestina.
    
O próximo passo após a criação da Frente é instalar o colegiado que dirigirá as ações e mobilizações com o objetivo de levar a questão da privatização da CHESF à população e, assim, criar um clima social capaz de confrontar a ideia do Governo Temer de entregar a grupos privados um patrimônio estratégico para Pernambuco e demais estados que recebem eletricidade da empresa, sediada em Paulo Afonso, Bahia.
    
Além de Laura Gomes, representando o PSB, e do Coordenador Lucas Ramos, também socialista,  integrarão o comando da Frente os deputados Odacy Amorim, do PT, Zé Maurício, do PP, e Rodrigo Novaes, do PSD. Entre outras questões envolvendo a CHESF, os deputados fazem forte oposição à perspectiva de aumento nas contas de luz, considerando a previsível perda de função social da empresa a partir da gestão pelo mercado, cujo objetivo é a lucratividade sem limites.

    
A CHESF é uma empresa de capital aberto, de economia mista sob controle estatal. Foi criada em 1945. Seu parque de produção inclui 13 usinas hidrelétricas, a maior parte delas ao longo do Rio São Francisco. A concessionária também possui uma unidade termoelétrica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário