Conheça o Campeonato Regional Nordeste de Bocha que é realizado em Caruaru - Blog do Edvaldo Magalhães

8 de setembro de 2017

Conheça o Campeonato Regional Nordeste de Bocha que é realizado em Caruaru


As rodadas do Campeonato Regional Nordeste de Bocha começaram na manhã desta sexta-feira (08), em Caruaru, e seguiram na parte da tarde. O município sedia o evento pela terceira vez e nesta edição as competições aconteceram na quadra do Campus II da Asces Unita, onde oito jogos ocorreram por vez, de forma simultânea, com disputas individuais.


Ao todo estão participando 64 atletas de quatro estados nordestinos, sendo eles Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Norte e Paraíba. A competição é classificatória para o campeonato nacional previsto para acontecer em dezembro, em São Paulo, onde dois atletas classificados nessa etapa irão representar a Região Nordeste.



São cerca de 180 pessoas envolvidas no evento, que além dos paratletas, conta com pessoal de apoio, comissão organizadora e a atuação de 36 técnicos. “Trazer os jogos para cá foi uma conquista para a nossa cidade e os atletas de Caruaru. A Prefeitura deu apoio ao evento porque acredita na inclusão do esporte também para pessoas com deficiência”, afirmou Rosimery Silva, coordenadora de Promoção das Pessoas com Deficiência de Caruaru.



“Daqui sairão os melhores atletas do Nordeste para a competição brasileira. A parceria com a Prefeitura de Caruaru foi fundamental para a gente realizar este evento que é importante por ser a etapa classificatória do Nacional”, pontuou Artur Cruz, presidente da Associação Nacional de Deporto para Deficiente (Ande).


O evento continua neste sábado (09) com as competições acontecendo das 08h às 18h. Ao final será feita a premiação dos atletas e a cerimônia de encerramento. O campeonato está sendo realizado pela Associação Nacional de Deporto para Deficiente (Ande) em parceria com a Associação de Pessoas com Deficiência de Caruaru (Apodec).



A Asces Unita apoia a iniciativa junto com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Caruaru, através das Gerências de Esportes e a de Direitos Humanos, por meio da Coordenadoria de Promoção das Pessoas com Deficiência.



A bocha paralímpica é uma modalidade praticada por atletas com elevado grau de paralisia cerebral ou deficiências severas. Os atletas usam cadeiras de rodas e têm o objetivo de lançar as bolas coloridas o mais perto possível de uma branca (jack ou bolim). É permitido usar as mãos, os pés, instrumentos de auxílio e até ajudantes no caso dos atletas com maior comprometimento dos membros.


Fotos: Arnaldo Felix (Seic) e Cláudio Garcia (Ande)

Nenhum comentário:

Postar um comentário