Governador não estava no Palácio para receber a "Carta de Caruaru em Defesa da Vida" - Blog do Edvaldo Magalhães

20 de setembro de 2017

Governador não estava no Palácio para receber a "Carta de Caruaru em Defesa da Vida"

Fotos: Arnaldo Félix

O governador Paulo Câmara (PSB), está em Brasília, por isso, não recebe uma comitiva de quase 40 pessoas, que esteve no Palácio do Campo das Princesas, no Recife, na manhã desta quarta-feira (20), para entregar uma carta, representando toda a sociedade caruaruense. A carta lista ações imediatas com relação ao combate à violência, considerando a situação de insegurança pelo qual o município passa.


A comitiva foi recebida pelo chefe de gabinete do governador, João Campos; pelo secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua; e pelo secretário executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto, que representaram o governador Paulo Câmara, fora do estado, em viagem a Brasília. 


Dentre as solicitações contidas na carta, a transformação do 4º Batalhão de Polícia Militar em unidade com policiamento exclusivo para o município de Caruaru, reivindicação feita pela prefeita durante diversas visitas ao governador desde o início da sua gestão. Além disso, o pedido de implantação de mais uma delegacia de plantão; de uma delegacia de crimes de menor potencial ofensivo; de uma Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente e, ainda, do funcionamento da Delegacia da Mulher em tempo integral nos finais de semana e em feriados. O patrulhamento rural também esteve em pauta. 


A “Carta de Caruaru em Defesa da Vida” foi assinada por representantes de diversas entidades da cidade. Dentre eles, líderes comunitários e religiosos, vereadores, associações de moradores, Associação de Sulanqueiros, Acic, CDL, PROCON, Rotary, Asces-Unita, OAB, FIEPE, Instituto Histórico, Academia Caruaruense de Cultura, Ciências e Letras e Movimento Polo.


O chefe de gabinete do governador, João Campos, agendou nova visita para a próxima quarta-feira (27), às 10h, quando ficou acordado dar uma resposta aos pedidos da comitiva. Além do Palácio do Campo das Princesas, a comitiva esteve na Assembleia Legislativa, onde foi recebida pelo presidente Guilherme Uchôa e deputados, na sede do Ministério Público e no Tribunal de Justiça de Pernambuco, recebida pelo desembargador Leopoldo Raposo, presidente do órgão. Todos receberam cópias da carta e do Plano Juntos Pela Segurança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário