Monsenhor Heleno recebe Título de Cidadão Caruaruense - Blog do Edvaldo Magalhães

27 de setembro de 2017

Monsenhor Heleno recebe Título de Cidadão Caruaruense

Fotos: Vladimir Barreto Rodrigues


Em Sessão Solene, na noite da última segunda-feira (25), na Câmara de Vereadores de Caruaru, o Monsenhor José Heleno Santos, que comanda a Paróquia Nossa Senhora das Dores (Catedral), recebeu o Título de Cidadão Caruaruense, propositura do presidente da Casa, Lula Torres (PDT), que teve as presenças dos vereadores Fagner Fernandes e Heleno Oscar. A narração da biografia do Monsenhor, foi do ex-vereador Jaelcio Tenório.

O plenário da Câmara esteve completo com a presença de frequentadores da Paróquia da Catedral, padres: Luiz Antônio (Paróquia de Bezerros), Carlos Nascimento (Paróquia de São Caetano), Carlos Eduardo (Paróquia de Porção), Francisco (Vigário Paroquial da Catedral), entre os convidados: Maviael Florêncio (gerente da Caixa Econômica Federal), Ronaldo Melo (diretor da Certam, representando o Lions Caruaru), Marileide Rosa (Pró-Reitora da Asces-Unita), Francisco Galvão (gerente da UPAE), Lúcia Mendes (membro do Conselho Pastoral da Catedral), Sivonaldo Bezerra (membro do Conselho Econômico da Catedral), Edson Vieira e Dida de Nam (prefeito e vice de Santa Cruz do Capibairbe).

Monsenhor Heleno é sacerdote fiel e humilde, zeloso por seu rebanho, tendo um currículo extenso. São anos de dedicação e fé, que merecem todos os elogios. Nasceu em 30 de janeiro de 1955, no sítio Salobro, de Gravatá, estudou no Seminário da Diocese de Caruaru, sendo enviado ao Seminário Bom Jesus, em Aparecida do Norte-São Paulo, onde cursou Filosofia e Teologia, sempre dedicado à causa divina e à Igreja Católica, alcançando o grau de mestre e, posteriormente, tornou-se doutor em Direito Canônico, pela Universidade e São João de Latrão, em Roma. 

Monsenhor assumiu diversos cargos na Diocese de Caruaru, entre eles, o de membro do Conselho Presbiterial Diocesano e do Colégio dos Consultores, sendo professor do Instituto da Diocese de Caruaru, juiz eclesiástico e vigário judicial. Foi Pároco de Santa Cruz do Capibaribe durante 16 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário