Parada de Advertência dos Agentes Comunitários e de Endemias de Caruaru - Blog do Edvaldo Magalhães

13 de setembro de 2017

Parada de Advertência dos Agentes Comunitários e de Endemias de Caruaru



Em assembleia na manhã desta quarta-feira (13) os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE) da cidade de Caruaru, no Agreste de Pernambucano, decidiram cessar as atividades por três dias, a saber: de 18 a 20 desse mês de setembro (de segunda a quarta-feira).

Segundo o presidente do sindicato, Natalício Faustino "desde o início desse ano que o SINDACSE-PE Agreste - Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do Agreste Setentrional de Pernambuco, por meio de sua diretoria, busca diálogo com a gestão da prefeita Raquel Lyra (PSDB), inclusive, obtendo dela a promessa de atender aos pleitos dos referidos agentes, que anseiam pelo que estabelece as leis, em relação aos seus direitos. Contudo, de forma sucessiva, a prefeita tem demostrado falta de habilidade de respeitar os próprios acordos firmados com os trabalhadores, não respeitando as agendas que ela mesma estabeleceu, em vários momentos".

"No final do mês passado, houve vencimento de mais um prazo estabelecido pela prefeita. A consequência dessas sucessivas faltas, manifestas ao longo desse ano, tem empurrado os  agentes de saúde (ACS e ACE) a uma greve por tempo indeterminado. Caso as negligências sejam mantidas, agentes comunitários e de endemias irão paralisar as suas atividades por tempo indeterminado", afirmou Natalício Faustino.

A greve que a categoria decidiu fazer em julho foi suspensa, em decorrência da situação de emergência na cidade, devido as fortes chuvas, com isto, os agentes preferiram adiar para não agravar a situação da população caruaruense. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário