I Festival Primavera de Dança de Caruaru fará homenagem à matriarca dona Lindaura do Boi Tira Teima - Blog do Edvaldo Magalhães

5 de outubro de 2017

I Festival Primavera de Dança de Caruaru fará homenagem à matriarca dona Lindaura do Boi Tira Teima


O Projeto intitulado “I Festival Primavera de Dança de Caruaru” vai homenagear dona Lindaura, matriarca do Boi Tira Teima, que faleceu aos 81 anos, no sábado, dia 30 de setembro, todos passaram por profunda tristeza, porém, o fato é que dona Lindaura nunca deixou de se preocupar e de levar essa cultura tão linda adiante. Agora os filhos assumem a responsabilidade de seguir com o sonho do Mestre Gercino e de Dona Lindaura para honrar tanto amor e dedicação à cultura popular.

A homenagem será realizada no dia oito de outubro, no palco principal, às 20h, na Estação Ferroviária de Caruaru, onde os mesmos se apresentarão com o Boi e todos os personagens da brincadeira.



O Festival de Dança vai acontecer nos dias sete e oito de outubro com apresentações de vários grupos de dança no estilo popular, de raiz e neo clássica, com início às 20h, na Estação ferroviária. Durante o dia haverá apresentação nos parques ambientais da cidade de Caruaru, nos Centros de Compras e no Marco Zero.

A idealizadora do projeto é a jornalista e produtora cultural, Janaina Waléria, e o incentivo são da FUNDARPE, FUNCULTURA, Secretaria de Cultura e Governo do Estado de Pernambuco.

Os participantes receberão certificados e os representantes dos grupos um troféu de participação.

Breve História do Boi Tira Teima
O Boi Tira Teima existe desde 1922, quando foi fundado por seu Pedro Evangelista, no sítio Preguiça, zona rural de Caruaru. Desde a década de 1970, para que a brincadeira não acabasse, o boi foi assumido por um de seus brincantes, o Mestre Gercino, que comandou a brincadeira até outubro de 2011, quando faleceu, aos 83 anos. Desde então, os filhos e a matriarca Dona Lindaura deram continuidade, com muito esforço à brincadeira do Boi em Caruaru.

Acessibilidade
Outra novidade é que o Festival irá garantir um espetáculo feito por pessoas com deficiência, mostrando assim que não há limites que possam ser vencidos também pela dança. Para os deficientes visuais as apresentações contarão com áudio descritores para atender até dez pessoas cegas.

As apresentações serão gratuitas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário