Sobrevivente do Globocop segue em estado gravíssimo e respira por aparelhos - Blog do Edvaldo Magalhães

24 de janeiro de 2018

Sobrevivente do Globocop segue em estado gravíssimo e respira por aparelhos


O boletim médico do Hospital da Restauração divulgado na manhã desta quarta-feira (24) informou que o estado de saúde do operador de vídeo Miguel Brendo Pontes Simões, 21 anos, sobrevivente do acidente com o Globocop, permanece gravíssimo, e que o paciente está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). De acordo com os médicos, ele está sedado, fazendo uso de droga vasoativa e respira com a ajuda de aparelhos. Miguel foi submetido a uma tomografia no crânio e na cervical e, com o exame, foi constatado que ele não vai precisar de novas intervenções cirúrgicas.

Miguel era um dos tripulantes do helicóptero que caiu na praia do Pina, na manhã de terça-feira (23), e estava sentado no banco de trás da aeronave no momento da queda. No impacto, ele sofreu fratura na perna direita, lesões graves no abdômen, com perda do baço, e traumatismo no rosto, incluindo fratura da mandíbula. A vítima foi retirada do mar por populares e chegou ao HR às 6h50, entrando direto para o bloco cirúrgico. Devido à gravidade dos ferimentos, não houve tempo de fazer nenhum exame.

A cirurgia começou às 6h55 e foi concluída pouco antes das 13h. A equipe de traumatologia do HR atuou de forma simultânea, Miguel foi operado por um cirurgião buco-maxilo, um cirurgião-geral, um cirurgião-vascular, um neurologista e um ortopedista. O procedimento durou quase seis horas.


O estado dele é considerado gravíssimo e as 48 horas seguintes ao acidente serão fundamentais para determinar a recuperação do paciente. "Foram feitos todos os procedimentos de emergência para estabilizar o quadro. Outras cirurgias serão necessárias dependendo da recuperação dele", explicou o cirurgião-geral do HR, Rogério Ehrhardt.

Fonte: Diário de Pernambuco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário