Multas por excesso de peso em caminhões aumentam 89% em Pernambuco - Blog do Edvaldo Magalhães

23 de fevereiro de 2018

Multas por excesso de peso em caminhões aumentam 89% em Pernambuco

Foto: PRF/Divulgação
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) emitiu 1.156 autuações por excesso de peso em veículos de carga, entre janeiro e dezembro de 2017, nas rodovias de Pernambuco. Um aumento de 89% em comparação com o mesmo período de 2016, em que foram emitidas 610 multas por essa infração. A fiscalização é realizada através de balanças certificadas e pela verificação do documento fiscal das mercadorias.
Em 2017 foram registradas 6,9 mil toneladas de carga em excesso, enquanto no ano anterior foram verificadas 4,1 mil toneladas, um aumento de 68%. Além dos prejuízos à malha viária, trafegar com excesso de peso acarreta danos ao veículo, como desgaste prematuro do sistema de freios e danos à suspensão, colocando em risco a segurança do trânsito.
O excesso de peso é uma infração média, com multa de R$130,16, que pode ser acrescida a cada 200 quilos de carga acima do limite legal. Também é prevista a retenção dos caminhões para que seja feita a transferência da carga excedente para outro veículo. Em Pernambuco, a PRF criou Grupos de Fiscalização de Trânsito e Transporte (GFTT), para intensificar esse tipo de fiscalização e evitar abusos pelas empresas transportadoras.
Quem embarca a mercadoria é responsável pela infração no transporte de carga com excesso de peso, quando for o único remetente da mercadoria. O transportador responderá pela mesma infração, quando a carga de mais de um embarcador ultrapassar o peso máximo que o veículo transmite ao pavimento. E ambos podem ser responsabilizados se o peso declarado na nota fiscal ou fatura for superior ao limite legal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário