Caruaru: "Pernambuco Quer Mudar" confirma candidatura única - Blog do Edvaldo Magalhães

3 de março de 2018

Caruaru: "Pernambuco Quer Mudar" confirma candidatura única


O movimento “Pernambuco Quer Mudar” anunciou, em Caruaru, neste sábado (3), que o grupo lançará candidatura única ao governo de Pernambuco nesta eleição. O nome será conhecido em abril. Antes, no dia 7, o conjunto terá novo encontro: no município de Ipojuca, na Região Metropolitana. Os organizadores divulgaram que 5 mil pessoas estiveram na casa de shows Arena Caruaru, e que  juntou 70 autoridades políticas, entre prefeitos, ex-prefeitos, vices, deputados estaduais e federais, além de vereadores, trabalhadores e representantes de setores da sociedade.


Anfitriã do evento, foi a prefeita Raquel Lyra (PSDB), que destacou que o atual governo do estado não representa o povo de Caruaru e está numa luta insana em manter o poder pelo poder.

O senador Armando Monteiro (PTB) destacou que o grupo das oposições é um conjunto que tem história, experiência, juventude, decência e espírito público e vai, a partir de abril, iniciar o trabalho para apresentar uma nova agenda a Pernambuco. “Vamos ouvir a população e recolher contribuições para construir um novo projeto para o Estado. Aquele que merecer a escolha vai a escolha vai, em qualquer hipótese, ter que ter entusiasmo. Sou fiador desse compromisso que hoje se afirma em Pernambuco”, garantiu.


O ex-prefeito de Jaboatão, Elias Gomes, fez um duro discurso no evento e pediu que todos os pré-candidatos se reúnam para criar um projeto de governo para a oposição. “Precisamos ouvir mais e sentar à mesa para debater, falar menos e criar um projeto pensado,construído e apropriado para o povo. Sou o mais modesto dos pré-candidatos, mas faço aqui um apelo para que falemos menos dos problemas e mais das soluções. Essa candidatura não pode ser decidida por meia dúzia de pessoas, mesmo com toda experiência”, disse.


Último a discursar, o ex-governador João Lyra Neto (PSDB) acusou: "o que a atual gestão diz na publicidade não condiz com a realidade do povo". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário