Acusados de explodir caixa eletrônico em Jucati morrem em troca de tiros com a polícia - Blog do Edvaldo Magalhães

24 de abril de 2018

Acusados de explodir caixa eletrônico em Jucati morrem em troca de tiros com a polícia

Foto: PMPE/Divulgação

Nesta terça-feira (24), equipes do BEPI foram informadas pela central da 11ª CIPM, que o caixa eletrônico do Bradesco da cidade de Jucati, foi estourado, de pronto as equipes se deslocaram para o local e após receber informações de populares que o veículo da fuga foi uma S10 branca, iniciaram as buscas, conseguindo visualizar e seguir os rastros deixados pelos acusados, onde posteriormente foram encontrados em uma granja no sítio Papa Terra. Após o cerco da polícia no local, os acusados empreenderam fuga pela caatinga, após horas seguindo rastros, as equipes se depararam com José Luiz dos Santos Silva, e um outro indivíduo até presente momento não identificado, cada um em posse de uma espingarda calibre 12.  Eles efetuaram disparos contra a equipe do BEPI, que revidou a injusta agressão, os dois acusados foram alvejados e socorridos para o hospital, onde posteriormente vieram a óbito.


Retornando para residência a polícia localizou uma S10 branca de placas PGZ-2712, duas S10 prata de placas OEV-6026 e KLO-6409, um CElta prata de placas MUQ-1413 e um Fiat Uno preto de placas NML-6251, onde estavam Luiz Antônio Roldão de Morais de 38 anos, Leonardo Arruda Alves de 31 anos, Carlos Roberto Teixeira de Lima de 22 anos, e Marconio Roldão de Araújo Júnior de 31 anos. No interior da residência foram localizados uma espingarda calibre 12; um rifle calibre 44; um rifle calibre 22; uma espingarda de fabricação caseira tipo soca soca, um simulacro de arma de fogo; dois envólucros de emulsão explosiva com cordel e espoleta; munições de diversos calibres; balaclavas; luvas; coletes balísticos; roupas camufladas e materiais para explodir caixas eletrônicos. 
Os envolvidos , juntamente com todo material apreendido foram encaminhados à 18ª DESEC em Garanhuns e apresentados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário