Juizado do Forró chega a 10ª edição no São João de Caruaru - Blog do Edvaldo Magalhães

31 de maio de 2018

Juizado do Forró chega a 10ª edição no São João de Caruaru


Pelo décimo ano consecutivo, o Juizado Especial do Forró estará a serviço da população no São João de Caruaru. O lançamento será no próximo sábado (02), no Pátio de Eventos Luiz Lua Gonzaga, com atividades realizadas também nos dias 09, 10, 16, 17, 22, 24, 28 e 30 de junho, promovendo a resolução de conflitos e solucionando denúncias no que diz respeito a casos de direito do consumidor e os considerados de menor potencial ofensivo.

O projeto é uma parceria entre o Centro Universitário Tabosa de Almeida (Asces-Unita) e o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), com participação da Defensoria Pública, do Ministério Público e das Polícias Civil e Militar. A equipe de atendimento é formada por estudantes de Direito da Asces-Unita, Juízes, Promotores e membros da OAB-Caruaru.

De acordo com supervisor do Juizado, Prof. Adrielmo Moura, as experiências vivenciadas nos plantões agregam bastante aos estudantes e à população. “É uma oportunidade para que os futuros profissionais aprendam essa dinâmica de juizado itinerante e os tipos de ocorrência registradas. Também é importante estar presente em um evento deste porte pois estamos prestando um auxílio à segurança, já que a presença do Juizado promove celeridade aos processos”, frisou.

O acadêmico Augusto Quaresma participou no ano passado e acredita que foi válido para vivenciar a realidade da futura profissão. “A riqueza que o Juizado do Forró nos proporciona é poder sair da teoria e ir à prática, executando aquilo que vemos em sala de aula e observando o posicionamento dos demais profissionais envolvidos”, frisa.

Em 2017, durante os sete dias de plantão, foram realizadas 11 audiências. Especificamente, uma sobre porte de arma branca, uma sobre desacato à autoridade, uma sobre lesão corporal leve e oito a respeito de consumo de drogas. As audiências preliminares realizadas no local possibilitaram mais agilidade e a promoção de conciliação entre os envolvidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário