Noite junina feminina e espetáculo de teatro e dança marcaram a programação do Polo das Quadrilhas nesta sexta (29) - Blog do Edvaldo Magalhães

30 de junho de 2018

Noite junina feminina e espetáculo de teatro e dança marcaram a programação do Polo das Quadrilhas nesta sexta (29)



Fotos: Arnaldo Félix/Divulgação

Em meio a um cenário de brincadeiras populares da região nordeste é que a noite começou no Polo das Quadrilhas, na Estação Ferroviária de Caruaru nesta sexta-feira (29), com a apresentação do Espetáculo Bandeira de São João. No tablado, 109 crianças das oficinas de ballet e teatro do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do município encenaram a peça que trouxe os folguedos populares para o polo e uma temática que girou em torno do alerta sobre a importância da garantia dos direitos das crianças e adolescentes.


O evento fez parte das ações de assistência social que a Prefeitura de Caruaru realizou durante o São João, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SDSDH). Lucivânia Gomes da Silva, mãe de Eveline Pereira, de oito anos, se emocionou ao ver a apresentação realizada por crianças de projetos sociais. "Foi lindo. Esse momento vai ficar para sempre na memórias delas, além de contribuir para a formação dessas meninas como cidadãs", destacou.


A noite foi também para lembrar o São João de antigamente com a apresentação das cantoras que fizeram história no São João de Caruaru nas décadas de 1980 e 1990 e também por aquelas que chegaram há pouco tempo, mas que já contribuem para a cena cultural caruaruense. No palco, 12 atrações femininas se revezaram com a Banda As Fulô, a primeira de forró da Região Agreste do estado formada só por mulheres. Com as Fulô cantaram Joana Angélica, Marlene do Forró, Lucinha Torres, Chris Mendes, Ivete Cáiro, Edilene Lira, Leonora Moreno, Renilda Cardoso, Joana Angélica e Coral SPM.

O momento foi também de poesia com Nelma Fagundes e Nay Harison de Lucena. O projeto foi um sucesso e fez todo mundo se divertir e dançar muito forró. O evento fez parte das ações desenvolvidas pela Secretaria de Políticas para Mulheres do município. "A cidade está de parabéns porque mulheres estão protagonizando o São João, o que só valoriza a força feminina também à frente de uma festa linda e importante como esta", ressaltou a espectadora Emília Ferreira.


Quem passou pela Estação também pôde aproveitar outros polos como o Juarez Santiago, reduto do forró de pé de serra, por onde passaram os trios Santa Rosa, São João, Coroado e Trindade. Já no Polo do Repente se apresentaram Rogério Menezes, Naldo Venâncio e o desafio de Maximino Bezerra x Genaldo Pereira. Na Casa do Forró a animação ficou por conta do cantor Kiko Gomes – A Elegância do Forró e logo cedo, recepcionando o público que veio para a Estação, teve a apresentação itinerante do Batalhão 56. Boa parte das apresentações desses polos contou com guia intérprete de línguas de sinais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário