Escola de Caruaru é a mais premiada da Mostra Competitiva de Dança de Pernambuco (MOC) - Blog do Edvaldo Magalhães

4 de julho de 2018

Escola de Caruaru é a mais premiada da Mostra Competitiva de Dança de Pernambuco (MOC)


A Ensaio Escola de Artes comemora mais uma conquista. Nos dias 30 de junho e 1º de julho, a escola caruaruense participou da 2ª Mostra Competitiva de Dança de Pernambuco (MOC), realizada no Teatro Barreto Júnior, no Recife. Ao todo, 34 meninas da Escola mostraram o talento na competição. Foram 20 prêmios, sendo nove medalhas de ouro, cinco medalhas de prata e duas de bronze.  Além disso, os prêmios de bailarina revelação para Cecília Duarte e o melhor conjunto do Festival com o “The Princesses Rock”, grupo que representou o Brasil em Abril no Youth America Grand Prix (YAGP), maior campeonato de dança do mundo.  As meninas da Ensaio também receberam a inscrição para dois festivais na Paraíba e um prêmio em dinheiro. Jazz musical, dança contemporânea, dança popular e danças urbanas foram as modalidades  apresentadas pelas talentosas bailarinas.

As meninas contaram com as vibrações positivas e a torcida dos familiares presentes no grande evento que busca valorizar a dança e o desenvolvimento artístico. Para a coreógrafa e diretora da Ensaio Escola de Artes, Mônica Cibele, participar pela primeira vez de um festival em Pernambuco foi motivo de orgulho. “Depois de participar de competições em Nova York, Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Ceará e entre outros, chegou a hora de mostrar o talento em nosso Estado. Foi lindo ver as famílias torcendo e apoiando as meninas”, afirmou.

Os prêmios recebidos demonstram o resultado obtido em dias de ensaio e renúncias. “A disciplina e o compromisso das meninas com a dança e o empenho de procurar fazer sempre o melhor, fora e dentro dos palcos, é de impressionar. O nosso propósito é fazer com que elas mostrem o que sabem fazer, que é levar a arte para os quatro cantos do País. A gente as treina para a vida e não apenas para competir, pois o maior adversário que existe somos nós mesmos. Então, temos que nos superar a cada dia. É assim, com o trabalho árduo, os resultados sempre aparecem. Os festivais são apenas uma etapa dos frutos deste processo”, finalizou Mônica Cibele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário