Dia Nacional da Visibilidade Lésbica será pontuado com ações em Caruaru - Blog do Edvaldo Magalhães

28 de agosto de 2018

Dia Nacional da Visibilidade Lésbica será pontuado com ações em Caruaru

Fotos: Divulgação

Em alusão ao Dia Nacional da Visibilidade Lésbica, celebrado nesta quarta-feira (29) de agosto, a Prefeitura de Caruaru, através das secretarias de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, de Políticas para Mulheres e de Saúde estarão promovendo diversas atividades gratuitas nesta semana, junto com o Movimento Lutas e Cores. No dia alusivo será realizada uma oficina de discotecagem para o público-alvo das ações, porém a programação iniciou nesta segunda-feira (27) com o Seminário de Atenção Integral à Saúde das Mulheres Lésbicas, realizado no auditório da ASCES-UNITA, voltado para profissionais e estudantes da área de saúde.


A oficina de discotecagem será a última atividade e irá acontecer nesta quarta-feira (29), 19h, no Hermanos Bar, que fica localizado na Rua Justino Francisco da Silva, n° 1173, no Cedro. Serão 25 vagas disponíveis (exclusivamente para mulheres lésbicas) com inscrições através do e-mail oficinadediscotecagemvl@gmail.com, onde será necessário fornecer o nome completo, número de RG e endereço, e de um telefone fixo ou celular. Todas as atividades são gratuitas.


Sobre o Dia Nacional da Visibilidade Lésbica

Essa data foi criada por militantes lésbicas brasileiras, durante o 1° Seminário Nacional de Lésbicas - Senale, em 1996, e, a partir dela, foi estabelecido o mês de agosto como sendo o da visibilidade lésbica.  

As mulheres lésbicas são alvo de violência simbólica, verbal, psicológica, física e econômica em todos os espaços: na família, na rua, nos hospitais, nas escolas, no trabalho. Essa opressão imposta pela sociedade patriarcal causa muito sofrimento, podendo provocar a negação da própria sexualidade, afastamento de familiares, a construção de uma vida dupla e, em alguns casos, suicídio. Dentre as expressões mais extremas de violência contra lésbicas existe uma enorme ocorrência do chamado estupro “corretivo”, prática cruel que é movida pela intolerância à orientação sexual das mulheres lésbicas.

A invisibilidade lésbica se apresenta de muitas formas: quando campanhas de conscientização para a prevenção de DST’s se referem exclusivamente às formas de proteção próprias ao sexo heterossexual; na falta de dados e pesquisas sobre as particularidades da violência contra as mulheres lésbicas e na ausência de representatividade lésbica na mídia.


Programação das Ações em alusão ao Dia Nacional da Visibilidade Lésbica

28/08: Roda de Diálogo: Nossa Saúde Importa

Horário:19h

Público Alvo: Movimentos Sociais e Mulheres.

Local: Auditório da Secretária de Políticas para Mulheres.

Endereço: Rua Padre Rolim, n°40, bairro Maurício de Nassau

29/08: Oficina de Discotecagem

Oficineira: Juliana Vieira

Horário :19h

Local: Hermanos Bar, localizado na Rua Justino Francisco da Silva, n° 1173, Cedro.

Mais informações:

25 vagas disponíveis com Inscrições através do email: oficinadediscotecagemvl@gmail.com

Informações necessárias:

·         nome completo;

·         identidade;

·         endereço;

·         Telefone fixo ou celular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário