Registrados homicídios em Caruaru, Bezerros, Panelas e Surubim - Blog do Edvaldo Magalhães

16 de agosto de 2018

Registrados homicídios em Caruaru, Bezerros, Panelas e Surubim

Foto: Josias Souza/Sem Meias Palavras

Registrados seis assaltos a ônibus na Região Metropolitana do Recife, nas últimas 24 horas. No mês de agosto são 105 ocorrências e no ano 1.622 assaltos.
Oito pessoas foram assassinadas em Pernambuco, nas últimas 24 horas, 3 no Grande Recife e 5 no interior. No ano já ocorreram 2.582 homicídios no Estado, 1.020 na Região Metropolitana e 1.562 no interior.
Em Caruaru, um mototaxista foi esfaqueado no final da tarde desta quarta-feira (15), no bairro Centenário. Adilson José da Silva, 41 anos, foi atingido com duas facadas. O crime aconteceu na Rua da Sé, onde ele morava.
De acordo com informações de familiares, o mototaxista foi tirar satisfação com o cunhado, Romildo Feitosa da Silva, 40 anos, que agredia constantemente a irmã dele. Neste momento começou uma discussão entre os dois.
Adilson José foi socorrido para o Hospital Regional do Agreste (HRA), mas não resistiu e faleceu. O cunhado dele, suspeito do crime, foi espancado por populares e também levado para o HRA. Ele será autuado em flagrante por homicídio e apresentado na audiência de custódia.
Este foi o segundo homicídio do mês de agosto em Caruaru. Neste ano de 2018 são 113 assassinatos no município.
Em Bezerros, o ex-presidiário José Henrique da Silva, 20 anos, foi assassinado com vários tiros em um matagal próximo do caminho da “Boca da Baleia”, bairro Cohab. Ele já havia sido preso por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. A autoria do crime é desconhecida.
Em Panelas, um homicídio aconteceu dentro de uma oficina no centro da cidade. Vandeilson José da Silva, 24 anos, foi baleado, socorrido pelo Samu e morreu no hospital.
Em Surubim, a vítima da violência foi o autônomo Antônio Mariano de Miranda Filho. Ele foi morto a tiros no bairro São José. O crime foi praticado por dois homens que estavam em uma motocicleta.
Fonte: Rádio Liberdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário