Secretaria de Defesa Social inaugura sete unidades da Polícia Civil em Caruaru - Blog do Edvaldo Magalhães

10 de agosto de 2018

Secretaria de Defesa Social inaugura sete unidades da Polícia Civil em Caruaru



O Secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antônio de Pádua, acompanhado do Chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito Kehrle do Amaral, inaugura, na manhã desta segunda-feira (13), às 11h30, o complexo que abriga seis unidades da PCPE no município de Caruaru, Agreste do Estado. No local, também funciona o Plantão que atende as ocorrências 24 horas, incluindo o período noturno, finais de semana e feriados. O lugar possui estrutura completa, com amplo estacionamento e salas exclusivas para registro dos Boletins de Ocorrência,  para atender de forma adequada  a população caruaruense.

“As unidades já estavam funcionando de forma parcial. Mas, com a recente instalação do plantão, estão em plena capacidade para ajudar a manter as reduções nos índices de criminalidade em Caruaru”, afirma o Chefe da PCPE, Joselito Kherle.  

No complexo,  que é dividido em três edificações,  funcionam a Diretoria Integrada do Interior 1, a Delegacia Seccional de Caruaru, a Divisão de Homicídios do Agreste, duas Delegacias de Homicídios (a 19° e 20°), a 90° Delegacia Circunscricional e o plantão 24h. As estruturas abrigam 115 policiais civis, desenvolvendo investigações  para combater a criminalidade no município. O resultado é que Caruaru detém uma das melhores taxas de resolução do Estado, com 51% dos inquéritos concluídos e remetidos à Justiça com autoria definida.    

Nos seis primeiros meses de 2018, os casos de homicídios no município tiveram uma redução de 41%, quando se compara com o mesmo período do ano passado. Os Crimes Contra o Patrimônio (CVPs), que se referem aos roubos e furtos, registraram queda de 38%, utilizando a mesma comparação.

As sedes das unidades da Polícia Civil estão localizadas na BR 104, ao lado do 4° Batalhão da Polícia Militar, o que garante integração entre as forças de segurança. As novas instalações permitiram a devolução de imóveis que eram alugados, representando uma economia de R$ 48 mil anuais aos cofres públicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário