Mais de 30 adolescentes da Funase em Caruaru concluem oficinas profissionalizantes - Blog do Edvaldo Magalhães

28 de novembro de 2018

Mais de 30 adolescentes da Funase em Caruaru concluem oficinas profissionalizantes


A Caravana Juventude em Movimento chegou ao fim nesta semana no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Caruaru, administrado pela Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase). Ao todo, 32 adolescentes e jovens receberam certificados do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) por participação em quatro atividades. A jornada fez parte de uma série de esforços da Funase para intensificar as ações de qualificação profissional para os socioeducandos atendidos naquela e em outras unidades.

Em Caruaru, a caravana ocorreu ao longo de três dias, sempre semanalmente. Foram ofertadas três oficinas: Introdução à Eletrônica Básica, com 15 horas, aulas ministradas pelo instrutor Higino Filho e 11 alunos certificados; Introdução ao Reparo de Computadores, ministrada pela instrutora Beatriz Delmiro, com carga horária de 14 horas e dez socioeducandos certificados; e Introdução à Informática Básica, com total de 18 horas/aula, sob a responsabilidade do instrutor Elaxis Neto e com quatro jovens certificados.

O evento ainda contou com o ciclo de palestras “Pré-qualificação para o Mercado de Trabalho”, conduzidas por voluntários do CIEE.  Foram trabalhadas temáticas como “Marketing Pessoal”, “Entrevista: Como Encará-la” e “Currículo sem Segredo”. Sete socioeducandos receberam certificados por participação nas atividades, realizadas no espaço ecumênico do Case Caruaru.

Para o coordenador do Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase, Normando Albuquerque, o saldo da realização da Caravana Juventude em Movimento em Caruaru foi positivo. “Cada unidade tem as suas especificidades. A caravana procura se adequar aos diferentes contextos. Não existe uma fórmula pronta. Vamos nos reinventando conforme a experiência se acumula. Mas temos um propósito: movimentar e envolver. E isso tem sido feito com certo êxito. Ver, ouvir, tocar, estar junto dos socioeducandos de forma cada vez mais intensa é a principal ferramenta para o nosso trabalho. São eles que orientam nossos passos”, avaliou.

A caravana também já aconteceu no Case Timbaúba, no Case/Cenip Garanhuns e no Case Jaboatão dos Guararapes. Antes de receber a jornada de atividades, o Case Caruaru chegou a ser contemplado, em outubro, com um evento preparatório na área de qualificação profissional, que ocorreu ao longo de três dias consecutivos e beneficiou 30 socioeducandos. As ações também foram desenvolvidas pelo Eixo Profissionalização, Esporte, Cultura e Lazer da Funase, tendo o CIEE como parceiro certificador dos cursos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário